Anuncio

Breaking News
recent

Anuncio

Ideias tecnológicas inovadoras que podem mudar o Brasil – parte 2 de 4

Começamos semana passada aqui no TecMundo uma minissérie para apresentar projetos de brasileiros que estão utilizando a tecnologia para exercer seus papéis de cidadãos — a primeira parte pode ser conferida neste link. Hoje conheceremos o aplicativo para resgate de crianças de rua Kids Rescue, idealizado por um trio de estudantes adolescentes, e o projeto Passo Verde, que envolve a adaptação de uma tecnologia estrangeira de energia sustentável para calçadões e parques brasileiros.

Kids Rescue

Três estudantes do Ensino Médio decidiram chamar a atenção do governo e da população para a lamentável situação das crianças moradoras de rua e seus efeitos colaterais — como a prostituição infantil e o uso de drogas.
Maria Vitória Oliveira, Rasna Macedo e Talita dos Santos são as criadoras do Kids Rescue, um aplicativo que tem como propósito ajudar as instituições no resgate de crianças de rua e dar um atendimento mais eficiente através do apoio da população.
Desenvolvido junto ao analista de sistemas Luciano Lazzarotto, o software, que deve ficar pronto em 2 ou 3 meses, consistirá em um app mobile que terá o suporte de um site. O cidadão que encontrar uma criança abandonada na rua responde um rápido questionário sobre a descrição do menor e pode também tirar uma foto. Equipado com GPS, o aplicativo enviará automaticamente a denúncia para a instituição responsável mais próxima.
“Desenvolvemos o aplicativo visando fazer a ‘ponte’ entre as instituições e as crianças, por isso, o Kids Rescue tende a ser algo bem impactante. No mundo existem cerca de 80 milhões de crianças de rua, sendo cerca de 24 mil no Brasil”, explica Maria Vitória. “É comum encontrar matérias nas mídias, no mundo todo, de instituições de acolhimento que estão fechando por falta de crianças para acolherem. Dessa vez, a população também deixou de fazer sua parte.”
A equipe está com o projeto em fase de protótipo e está lidando com toda a burocracia e obstáculos para realizar sua implantação. “Estamos procurando por colaboradores da área de design e desenvolvimento de sites, investidores, pois precisamos de alguns materiais tecnológicos e patrocinadores, pois precisamos divulgar a ideia o máximo possível”, diz Maria Vitória. Para ajudar, você pode entrar em contato com o grupo através da fanpage no Facebook

Passo Verde

Já pensou alguma vez em que seria possível reaproveitar aquela energia que gastamos ao correr? O designer Luiz Ribas teve a ideia de não apenas apanhá-la, mas também transformá-la em eletricidade sustentável através de uma pista de placas instaladas no chão.
“A ideia é basicamente fazer uma calçada que gera energia elétrica a partir dos passos das pessoas. Essa energia pode ser gerada de duas maneiras: pelo princípio da piezoeletricidadeou por molas que quando pressionadas movimentam engrenagens que fazem um dínamo funcionar”, explica Luiz.
Cada pisada em uma dessas placas gera 7 watts de potência. Pavimentando os 3,5 quilômetros do Parque Barigui, por exemplo — um dos maiores parques da cidade de Curitiba, onde Luiz mora — seria possível gerar cerca de 49megawatts de potência em apenas um dia, o suficiente para abastecer 236 casas durante uma hora ou 12 casas por 24 horas. 


Dificuldades de implantação

O custo de implementação do em um lugar do tamanho do Barigui seria de R$750 mil reais, mais mão de obra para instalação. “Hoje ainda estão sendo feitos pesquisas para trazer essa tecnologia 100% para o Brasil, mas na Europa, mais precisamente na Inglaterra e Holanda, essa calçada já está nas ruas”, diz o designer.
Ele alerta que o obstáculo para a viabilização, além de o governo topar desembolsar R$ 1 milhão para uma calçada, é a manutenção, uma vez que trata-se de uma tecnologia estrangeira, seria preciso que profissionais viesse do exterior para capacitar pessoas aqui. “Quando inscrevi essa ideia no CICI não foi para vender, mas para mostrar ao poder público e às outras pessoas esse tipo de tecnologia e fazer com que elas possam imaginar outros meio e aplicações”.

No próximo episódio...

Conheça um mecanismo que, ajudando diariamente a economizar alguns litros de água no banho, pode poupar um enorme desperdício de recursos e dinheiro e uma rede colaborativa online de empréstimos que propõe trazer mudanças à nossa cultura uso e consumo. Não perca semana que vem a terceira parte de Ideias tecnológicas inovadoras que podem mudar o Brasil.
Antonio Augusto Soares Lemos

Antonio Augusto Soares Lemos

Tecnologia do Blogger.