Anuncio

Breaking News
recent

Anuncio

Activision abandona a série True Crime



As notícias não são nada boas para os fãs da franquia True Crime. Ao que parece, a Activision resolveu largar a série no acostamento — pelo menos é o que dá a entender a falta de uma renovação dos direitos sobre a marca, o que condenaria qualquer possível game futuro baseado na marca.
True Crime se tornou notório por apostar em uma fórmula semelhante à de Grand Theft Auto, embora com perspectiva nos agentes da lei. Os dois primeiros títulos foram produzidos pela Luxoflux e se tornaram conhecidos pelo nível de detalhamento — comparável ao de um GPS — das cidades de Nova Iorque e Los Angeles. Ademais, havia também as missões chamadas de “crimes de rua”, as quais eram geradas aleatoriamente fora da história principal do jogo.
A História conta também que um terceiro título sob o controle da Luxoflux chegou a ser considerado. Entretanto, o lançamento mal sucedido de True Crime: New York City teria dissuadido a Activision em relação à produção.

Um reboot foi considerado...

Ademais, também foi considerado um reboot completo da série nas mãos da United Front Games. O título recriaria novamente um cenário com precisão de GPS — dessa vez, Honk Kong seria a cidade escolhida.
Entretanto, novamente a possibilidade de um fracasso financeiro acabou novamente assustando a Activision. Aos olhos da publicadora, parecia improvável que True Crime pudesse garantir suficiente espaço entre outros sandbox consagrados — ou, pelo menos, espaço suficiente para gerar lucro apreciável.

Sleeping Dogs

De fato, o título acabou nas mãos da Square Enix em agosto de 2011. O inconveniente? A desenvolvedora havia adquiridos os direitos apenas sobre a fórmula e não sobre o nome “True Crime”.
O resultado, como dizem, é História. O estúdio acabou por lançar um título com proposta razoavelmente semelhante, embora com outro nome. Trata-se do hoje bem conhecido Sleeping Dogs — o qual, naturalmente, não ocupa o mesmo arco de histórias da série True Crime.

Títulos da série

True Crime: Streets of LA



Um dos primeiros games centrados em um mundo de jogo aberto, o primeiro título da franquia, Streets of LA foi, de fato, lançado antes mesmo de Grand Theft Auto III — título notório por ter levado a série da Rockstar aos ambientes tridimensionais. Sob o seu controle, havia o oficial de polícia Nick Kang. Kang é basicamente o herói de GTA... Embora do lado “certo” da lei.



True Crime: New York City
Com riqueza de detalhes urbanos superior, o segundo game da série True Crime ainda representou outro salto para a franquia: pela primeira vez, era possível entrar em diversos edifícios da cidade — e não apenas aqueles diretamente envolvidos nas missões do game. Nisso se incluíam restaurantes, hotéis, apartamentos e onde mais o seu herói, Marcus Reed conseguisse se enfiar.



Após assumir o controle do império de crime de seu pai, Reed foi traído por um amigo, o que quase chegou a provocar a morte de ambos em uma noite de Natal. Salvo pelo detetive do Departamento de Polícia de Nova York Terry Higgins, Reed recebe uma última chance para acertar as coisas antes que seus negócios sejam tomados pela polícia.
FONTES
Antonio Augusto Soares Lemos

Antonio Augusto Soares Lemos

Tecnologia do Blogger.